Clonagem do WhatsApp: saiba como ativar a confirmação de duas etapas para se prevenir deste golpe

Como combinamos há alguns dias atrás, vamos dar continuidade à publicação de uma sequência de golpes realizados através de aplicativos e diferentes canais de comunicação. Desta forma, você pode se informar e proteger contra eles. Vamos à nossa segunda matéria!

Se você não viu o primeiro golpe que abordamos anteriormente, confira aqui. Agora é a vez de falarmos sobre a clonagem do WhatsApp, uma ação muito comum realizada pelos criminosos. De acordo com pesquisa feita pela dfndr lab, em setembro de 2020, foram aplicados cerca de 15 mil golpes desse tipo por dia no Brasil.

Como é aplicado o golpe do WhatsApp clonado?

Para praticar a ação, o criminoso tenta enganar o usuário, por exemplo, se fazendo passar por funcionário de uma plataforma de anúncio, com a intenção de corrigir algum erro. Em seguida, solicita informações sobre os dados pessoais da vítima, como RG, CPF, endereço e um código de 6 dígitos a ser recebido por telefone.

É justamente, através desse código, que o criminoso consegue o acesso à conta do WhatsApp do usuário e a desvia para o seu próprio app. A partir daí, o criminoso passa a aplicar golpes de estelionato, se passando pela pessoa que teve a conta clonada e solicitando dinheiro aos parentes e amigos dela.

Vale lembrar que, ao ter uma conta do WhatsApp clonada, o usuário não consegue mais utilizá-la, pois não é possível que uma conta funcione em dois celulares ao mesmo tempo.

Como evitar que uma conta de WhatsApp seja clonada?

O próprio app recomenda a habilitação da confirmação em duas etapas. Deseja ativá-la no seu WhatsApp? Faça da seguinte maneira:

PASSO 1: Com o WhatsApp aberto, vá até o menu representado pelos três pontinhos, no canto superior direito da tela e em seguida, clique em “Configurações”;

PASSO 2: Agora, selecione “Conta” e depois, a opção “Confirmação em duas etapas”;

PASSO 3: Neste momento, você visualizará uma mensagem informando que, ao habilitar a confirmação em duas etapas, será solicitado um PIN, quando você registrar seu número de telefone com o WhatsApp novamente. Se concordar, basta clicar em “Ativar”;

PASSO 4: Na próxima tela, você deverá inserir um PIN de 6 dígitos. Selecione “Avançar”. Depois, confirme seu PIN, clique em “Avançar”. E, por fim, adicione um endereço de e-mail à sua conta para redefinir seu PIN caso você esqueça e para proteger sua conta. Feito isso, clique em “Avançar”, ou “Pular” esta etapa. Caso tenha escolhido avançar, confirme seu endereço de e-mail e clique “Salvar”. Prontinho! Confirmação em duas etapas ativada! Selecione “OK”.

Obs: O WhatsApp não permite a captura de tela, durante este processo.

PASSO 5: Uma mensagem sobre a ativação da confirmação em duas etapas é apresentada. Por meio dela você pode desativá-la, mudar o PIN ou mudar endereço de e-mail.

Caiu no golpe do WhatsApp clonado?

Em primeiro lugar, encaminhe um e-mail para support@whatsapp.com e peça a desativação temporária da sua conta. Aguarda um prazo de até 30 dias, até que o app entre em contato com orientações para o próximo passo a ser realizado.

Não deixe de avisar seus familiares e amigos mais próximos e esteja sempre atento às mensagens suspeitas, com pedidos de dinheiro, por exemplo. Assim, você evita cair no mesmo golpe, porém, aplicado em algum dos seus contatos.

E aí? Gostou das informações trazidas na matéria de hoje? Já foi vítima do WhatsApp clonado? Conte pra gente, nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: