Para que serve um chatbot

Os chatbots já estão presentes no dia a dia de muitas empresas e são responsáveis por agilizar o atendimento de muitos clientes. 

A tecnologia têm se mostrado muito útil no cotidiano dessas empresas, principalmente quando é utilizado para descobrir o assunto ao qual o cliente deseja tratar. Eles também são responsáveis por direcionar os atendimentos aos atendentes e setores correspondentes a necessidade de cada cliente. Com isso, os clientes são atendidos de uma forma mais rápida, o que gera mais probabilidade de fidelização à marca. 

Para compreender melhor para que serve um chatbot, listamos algumas de suas utilidades no dia a dia: 

Estreitar relacionamento 

Apesar de serem baseados em tecnologias robóticas como inteligência artificial, os chatbots são capazes de entender muitas das necessidades dos clientes e assim promover um atendimento mais rápido. Hoje, as pessoas não possuem tempo ou disponibilidade para esperar que um atendimento demore para acontecer. Com a ajuda do chatbot, o seu cliente pode ficar satisfeito mais rapidamente, o que gera maior chance de fidelização. Tal processo é muito importante para a imagem e reputação de uma marca no mercado. 

Agilizar atendimento 

Os chatbots são, na maioria das vezes, o primeiro contato de seus clientes em um atendimento de sua empresa, eles são programados para receberem solicitações e então, entenderem a necessidade de cada um deles.

Com esse entendimento, os chatbots poderão distribuir os atendimentos em filas especializadas e com isso, o atendente responsável pelo atendimento já saberá exatamente o que ele precisa, o que ajudará ele a ser objetivo no atendimento e a obter uma solução do problema de forma mais rápida, o que consequentemente, deixará os clientes satisfeitos.

Compartilhar informações internas com a equipe 

Não é apenas com clientes que os chatbots funcionam. Hoje, há uma gama de aplicativos de mensagens internas organizacionais para as empresas se relacionarem com seus funcionários. Nesse sentido, os chatbots também podem ser úteis, principalmente com solicitações, ou seja, um chatbot pode receber uma solicitação de algum funcionário, enviar para o time responsável por ela e assim, a solicitação será atendida. 

Economia 

Os chatbots são responsáveis por dois principais tipos de economia: de tempo e de dinheiro. Quando falamos em economia de tempo, nos referimos ao tempo que seria gasto por um funcionário para atender um cliente. Com os chatbots, como falado anteriormente, o tempo de espera diminui já que eles são os responsáveis por determinar para qual atendente aquele cliente irá, facilitando assim, a comunicação e a resolução de problemas. A economia de dinheiro se diz respeito a quantidade de pessoas que precisarão realizar o atendimento com os clientes visto que os chatbots são capazes de fazer grande parte dele. 

Pesquisa de satisfação 

Os chatbots podem realizar pesquisas de satisfação pedindo ao cliente uma nota de 0 à 5, por exemplo, para cada atendimento. Dessa forma, é possível mensurar como o atendimento está sendo feito. Caso as notas não estejam boas, por exemplo, é possível realizar uma nova capacitação de atendentes visando sempre a excelência no atendimento para se obter clientes totalmente satisfeitos.  

Ainda não tem chatbot na sua empresa? A DigiSac te ajuda com isso! O nosso robô de atendimento auxilia o pré-atendimento para sua equipe permitindo triagens, encaminhamentos e organizando as filas para os departamentos. Confira já com a nossa equipe!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: