Como o novo modelo de cobrança CBP do WhatsApp Business API pode impactar sua empresa?

Com a implementação do novo modelo de cobrança, conhecido como CBP (Conversation-Based Pricing), ao WhatsApp Business API (conta WABA), uma dúvida comum, por parte dos usuários, é em relação aos impactos dessa novidade para as empresas. Os resultados serão positivos? Existem possibilidades de prejuízos? Quais os benefícios?

Antes de refletirmos a respeito de questões como essas, vale lembrar que a novidade sobre o CBP foi divulgada quase que simultaneamente com a possibilidade de conexão direta a ser realizada, ainda em fase de testes, entre empresas e a API do mensageiro. Confira a matéria completa em “WhatsApp permite que empresas façam conexão direta à sua API”.

São grandes mudanças que de alguma maneira podem repercutir nos diferentes negócios. Para compreender ainda mais sobre CBP, sugerimos a leitura da matéria “CBP: Conheça o novo modelo de cobrança do WhatsApp Business API”. Agora sim!! Vamos às respostas!!

Para refletirmos sobre o assunto, contamos com a participação especial do Bruno Estevam, Supervisor Comercial da Ikatec, empresa proprietária da plataforma multicanal DigiSac.

Consequências da implementação do novo modelo de cobrança CBP do WhatsApp Business API às empresas

A primeira questão que fizemos ao Bruno foi em relação à principal diferença entre o novo modelo de cobrança CBP e o HSM, utilizado anteriormente nas contas WABA.

Bruno Estevam: “São modelos completamente diferentes de cobrança, mas a principal diferença é que todos os HSMs eram cobrados pelo WhatsApp e no CBP eles liberaram 1.000 gratuitos por empresa todos os meses, facilitando assim o acesso de uma conta mais profissional de WhatsApp para empresas de pequeno porte também.”

Em relação aos impactos que a implementação do CBP gera às empresas.

Bruno Estevam: “70% dos nossos clientes foram beneficiados pela mudança, já que se aproveitaram bem das 1.000 conversas gratuitas ou que utilizam muito os pontos gratuitos de conversas, outros 15% ficam no meio termo e apenas 15% preferiam o modelo HSM, uma vez que não tinha cobrança de contatos receptivos.”

Sendo o WhatsApp Business API, um dos canais de atendimento que podem ser integrados à plataforma multicanal DigiSac, perguntamos ao Bruno, como as empresas podem se adequar às novas regras que acompanham o modelo de cobrança CBP.

Bruno Estevam: “O WhatsApp ainda é o canal preferido pela grande maioria dos consumidores, portanto o Waba é a melhor maneira de garantir que esse canal tenha segurança, mas existem estratégias para utilizar o Waba da maneira correta. O primeiro passo é dominar a regra do CBP e HSM, para ter um melhor aproveitamento do tempo utilizando menos recurso.”

Outra dica, afirma Bruno é as empresas aproveitarem as 1.000 conversas gratuitas por mês e a opção de disparo em massa de HSMs. Ele também ressalta que “apesar do WhatsApp ser o maior canal de comunicação, a diversificação dos canais de atendimento é o melhor caminho, assim é o cliente quem vai escolher onde quer ser atendido”.

No caso da plataforma multicanal DigiSac, por exemplo, Bruno destaca a possibilidade de as empresas utilizarem outros canais, além do WhatsApp: “Temos canais adicionais como: Webchat, SMS para disparos, Telegram e em breve Messenger e Direct do Instagram”.

Para quem já é cliente da DigiSac, perguntamos se houve alguma alteração.

Bruno Estevam: “Sim, todos os clientes da DigiSac que já possuem a conta Waba já tiveram a mudança do modelo de cobrança agora em fevereiro.”

Como pudemos observar, os resultados da alteração referente ao modelo de cobrança do WhatsApp (conta WABA) trouxe consigo novas regras que desafiam as empresas a desenvolverem estratégias, principalmente quanto ao aproveitamento do tempo relacionado às conversas.

Quando fatores como este e tantos outros são bem gerenciados, benefícios próprios da utilização de uma conta profissional (WABA) podem ser alcançados pelas empresas.

Neste ponto, a utilização de uma plataforma multicanal, como a DigiSac, por exemplo, é capaz de auxiliar todo tipo de negócio, já que permite o gerenciamento do tempo e outras questões relacionadas ao atendimento, não apenas do WhatsApp, mas também de outros apps mensageiros, tudo em um só local.

Para saber mais acesse o nosso site DigiSac ou converse com nossos consultores, através do WhatsApp (14) 3281-1338

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s