Telegram bloqueia 64 grupos na Alemanha por antissemitismo e incitação ao ódio entre os usuários

Em matéria publicada, em dezembro de 2021, falamos a respeito das ações desenvolvidas pelo Ministério da Alemanha contra o Telegram, devido ao “discurso de ódio” presente em meio aos chats do mensageiro. Se esse seria o motivo para seu banimento, o app acaba de vir a público, apresentando uma solução e deixando claro, mais uma vez, seu posicionamento.

Discurso de ódio poderia resultar no bloqueio do Telegram

De acordo com a ministra do Interior da Alemanha, Nancy Faeser, as medidas contra o mensageiro iriam ser intensificadas pelo governo. Como foi informado na época, já havia dois processos, em andamento, desde junho de 2021, todos pautados na mesma questão: a violação do mensageiro à legislação alemã sobre discurso de ódio nas redes sociais.

Para o Ministério da Justiça Alemão, o Telegram pode ser incluído na Network Enforcement Act, lei promulgada no país, em 2017, determinando a exclusão de qualquer conteúdo ilegal ou prejudicial, presente em plataformas, como Facebook, YouTube, Twitter que chegue ao conhecimento das autoridades.

Um outro ponto destacado por Faeser era referente à dificuldade em se localizar um representante do mensageiro, no país. Essa mesma questão foi utilizada, inclusive, para motivar ações planejadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), aqui no Brasil. Confira a matéria completa “Novas ações contra o Telegram são planejadas pelo TSE

Em relação às acusações sobre o discurso de ódio presente no mensageiro, certamente não seria deixado de lado, já que o Telegram permite que conteúdos ilegais localizados pelos usuários nos pacotes de sticker, canais e bots, disponíveis publicamente, sejam denunciados diretamente à plataforma.

64 grupos são bloqueados pelo Telegram

A existência de negociações sendo realizadas entre o Ministério do Interior alemão junto ao Telegram foi anunciada por Nancy Faeser, através do Twitter. De acordo com a publicação, a ministra afirma “Entramos em contato com a alta administração do Telegram. Em uma discussão inicial construtiva sobre cooperação adicional, concordamos em continuar e intensificar a negociação. Esta etapa é uma boa conquista que nós construiremos”.

E os resultados dessa negociação já podem ser vistos por todos. O canal Dicas Telegram em postagem realizada na última sexta-feira (11) informou que o mensageiro acabava de bloquear 64 grupos, na Alemanha, por antissemitismo e incitação ao ódio, conforme requisitado pelo Ministério da Administração Interna e pela polícia criminal alemã.

Após essa ação, canais de Attila Hildmann, ideólogo da conspiração, estão indisponíveis, no país. Seus canais espalhavam teorias da conspiração sobre o coronavírus e incitavam o ódio entre os usuários. Parte da lista de procurados na Alemanha, Hildmann está foragido, supostamente escondido na Turquia.

Regras do Telegram a serem seguidas

Como destacamos anteriormente, existem regras que devem ser seguidas por quem deseja utilizar o mensageiro, presentes em seus Termos de Serviços e em sua Política de Privacidade, como por exemplo:

  • Utilizar os serviços do Telegram no envio de spam ou golpes aos usuários.
  • Promover a violência em canais do mensageiro visíveis publicamente, bots, etc.
  • Publicar conteúdo pornográfico ilegal em canais do Telegram, bots, etc.

Vale destacar que tais termos podem ser atualizados posteriormente!!

Como podemos ver, o Telegram não será facilmente banido. Aberto à negociações, está disposto a analisar cada caso, tomando as medidas cabíveis.

Quer ficar por dentro de outras novidades do Telegram? Siga o nosso blog e acompanhe nossas mídias sociais!!

4 comentários sobre “Telegram bloqueia 64 grupos na Alemanha por antissemitismo e incitação ao ódio entre os usuários

  1. Samej Spenser (@SamejSpenser) disse:

    Diferentemente do que geralmente se vê em outros posts nos demais sites e blogs, aqui foi apresentado (mesmo que resumidamente) as ações do Telegram em relação aos temas atualmente em voga, como liberdade de expressão, “discurso de ódio”, etc. Inclusive citando parte dos Termos de Serviço e Política de Privacidade, (o que bem pouca gente confere antes de tecer conclusões literalmente precipitadas). Só por isso o presente texto já é digno de nota e parabenização! 😉

    Por último, (mas não menos importante), quero aqui agradecer-lhes publicamente por mencionar e referenciar o canal Dicas Telegram, muito obrigado!

    Curtir

    1. digisacmarketing disse:

      Bom dia, Samej!! Tudo bem? Obrigada por seu comentário!! Nosso objetivo, através dos textos é trazer informações que ajudem nossos leitores a refletir sobre temas , como esses relacionados ao Telegram, tão importantes para nossa sociedade. Seja bem-vindo sempre por aqui!! Abraços! ; )

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s