Como criminosos aplicam golpes envolvendo a prova de vida do INSS

Hoje trouxemos uma informação muito importante para você que tem algum familiar, amigo ou contato, aposentado ou pensionista. Devido à exigência da prova de vida do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) para 2022, golpes envolvendo apps, como WhatsApp, voltam a ter uma alta probabilidade de acontecerem.

Saber a forma correta tanto para realizar a prova de vida ou simplesmente se comunicar com o INSS é fundamental e pode ajudar muita gente.

Prova de vida do INSS

A prova de vida consiste em um procedimento do INSS com o objetivo de evitar fraudes e garantir a manutenção do pagamento do benefício a aposentados e pensionistas.

De acordo com informações contidas no site gov.br, que esclarecem dúvidas a respeito do serviço, os benefícios estavam sendo concedidos, desde março de 2020 até final de 2021, independentemente da realização da prova de vida, evitando-se, assim, o deslocamento das pessoas até as agências do INSS.

Em 2022, o serviço voltou a ser exigido, podendo ocorrer o bloqueio do pagamento, suspensão ou cessação do benefício, caso não seja realizado. É neste momento que as pessoas precisam ter acesso às informações corretas, para que não sejam vítimas de criminosos que se aproveitam da falta de conhecimento a respeito do assunto.

Golpe relacionado ao serviço prova de vida do INSS

Nesta modalidade de golpe, criminosos realizam ligações para aposentados ou pensionistas, pedindo para que enviem, por WhatsApp, foto de algum documento para finalizar o procedimento da prova de vida. Eles já têm em mãos os dados pessoais e os utilizam para tornar o contato ainda mais real.

O INSS orienta a todos, que ao receberem ligações como essas, não forneçam nenhuma informação e desliguem imediatamente. Contatos por telefone não são realizados pela instituição para procedimento de prova de vida.

Como realizar a prova de vida do INSS de forma segura?

A prova de vida do INSS deve ser feita no banco responsável pelo pagamento do benefício: caixas eletrônicos com o uso da biometria, presencialmente, via internet banking ou aplicativo.

Caso os segurados já possuam a biometria facial cadastrada no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) ou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) podem realizar a prova de vida de forma eletrônica, através do Meu INSS

Idosos a partir de 80 anos ou pessoas com dificuldades de locomoção podem pedir visita em domicílio. Para isso, devem entrar em contato pelo telefone 135 ou app Meu INSS e realizar o agendamento.

Gostou da matéria de hoje? Não deixe de curtir e compartilhá-la!! Até mais!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s