Projeto prevê a utilização de tecnologia 5G em postes de iluminação pública, em municípios do Brasil

Estamos acompanhando os primeiros passos do Brasil, no mercado relacionado à tecnologia 5G. Prevista para chegar a todos os municípios, em 2029, promete trazer muitas vantagens às pessoas e empresas, no país.

O que é a tecnologia 5G e quais suas vantagens?

5G consiste na quinta geração de conexões de internet móveis, responsável por proporcionar mais agilidade e eficiência ao processamento das informações, beneficiando todos que a utilizam.

Devido à sua capacidade avançada de transmissão de dados, a internet 5G permite a conexão de vários dispositivos, ao mesmo tempo, fundamentais para o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) e o avanço da indústria 4.0.

Downloads e Uploads são processados muito mais rapidamente, por meio dessa tecnologia, que garante uma economia de até 90% no consumo de energia de dispositivos. Enquanto que, ao utilizar o 4G, por exemplo, as pessoas têm acesso à 19,8 Mbps (megabits por segundo), o 5G pode chegar até 10 Gpbs (gigabits por segundo).

Transferir arquivos, reproduzir streamings e jogar online fica muito melhor, concorda? Mas, e em relação aos municípios do país, como podem se beneficiar com essa nova tecnologia?

Tecnologia 5G nos municípios brasileiros

Após o leilão realizado no mês de novembro de 2021, onde foram determinadas quais empresas irão oferecer os serviços de internet móvel, no país, começarão a ser feitas as instalações de toda a infraestrutura necessária para que a tecnologia chegue até os municípios.

Confira abaixo o cronograma previsto pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel):

  • 31 de julho de 2022: capitais e Distrito Federal (DF) tendo uma estação rádio base (ERB, ou antena) a cada 100 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2023: capitais e DF tendo uma ERB a cada 50 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2024: capitais e DF tendo uma ERB a cada 30 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2025: capitais e DF e cidades com mais de 500 mil habitantes tendo uma ERB a cada 10 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2026: cidades com mais de 200 mil habitantes tendo uma ERB a cada 15 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2027: cidades com mais de 100 mil habitantes tendo uma ERB a cada 15 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2028: pelo menos 50% das cidades com mais de 30 mil habitantes tendo uma ERB a cada 15 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2029: 100% das cidades com mais de 30 mil habitantes tendo uma ERB a cada 15 mil habitantes.

5G em postes de iluminação pública

A utilização da tecnologia 5G em postes de iluminação pública trata-se de um projeto-piloto apresentado, na última quinta-feira (16), durante evento realizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com o Ministério das Comunicações (MCom), em Natal (RN).

O projeto prevê a transmissão do sinal 5G através de luminárias inteligentes, equipamentos instalados nos postes que permitem contribuir tanto para a iluminação quanto à segurança pública, realizada por meio de câmeras que podem ser acopladas a eles.

Inicialmente, o projeto será testado nas cidades Ceará-MIrin (RN), Petrolina (PE), Araguaína (TO), Curitiba (PR) e Jaraguá do Sul (SC) podendo, assim, adiantar a implementação da tecnologia nos municípios do país que, de acordo com o calendário da Anatel, receberão o 5G, até 2029.

O que achou do projeto que utiliza o 5G em postes de iluminação pública? Escreva pra gente, nos comentários!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: