Plataforma PrevisIA utiliza tecnologias a serviço das florestas

Como é bom termos conhecimento de casos em que a tecnologia é utilizada para melhorar a vida de todos. Um excelente exemplo, que apresentaremos na matéria de hoje, é a plataforma PrevisIA, desenvolvida pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) em parceria com a Microsoft e o Fundo Vale.

Através da plataforma, a tecnologia torna-se uma importante aliada na prevenção ao desmatamento e incêndios na Amazônia e em outros biomas brasileiros. Muito bacana, não é mesmo? Bora conferir como é seu funcionamento!!

Tecnologia por trás da plataforma PrevisIA

Para prever riscos de desmatamento e do impacto do fogo nas florestas, a PrevsIA utiliza geoestatística e inteligência artificial responsáveis pelo mapeamento das regiões florestais ameaçadas.

Mas, não pense que a tecnologia está presente somente na plataforma. Os dados geoestatísticos, por exemplo, são obtidos graças a uma análise automatizada das informações coletadas, por meio de satélites, durante anos, pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento da Floresta Amazônica, coordenado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Os dados do histórico de desmatamento foram unidos, através de inteligência artificial, às informações sobre estradas abertas na Amazônia, também obtidas por meio de satélites e outras variáveis, como uso da terra, atividades socioeconômicas na região, topografias e rios.

Desta forma, é possível analisar a ação do desmatamento, verificar a existência de estradas não autorizadas em meio à floresta e saber quais áreas correm maior risco.

De acordo com uma publicação realizada, em novembro, no site revistapesquisa.fapesp, somente neste ano de 2021, a PrevisIA já detectou 9.635 quilómetros quadrados (km2) sob risco de desmatamento, incluindo unidades de conservação, municípios, terras indígenas, territórios quilombolas e assentamentos rurais.

As projeções realizadas com o uso da plataforma parecem que estão sendo assertivas!! Afirma-se que em torno de 80% dos lugares desmatados correspondem a áreas indicadas pela plataforma, como risco médio, alto e muito alto.

Ficou curioso (a) para ver de perto a plataforma? Sem problemas!! A PrevisIA é aberta ao público e pode ser acessada em https://previsia.org/

Qual sua opinião a respeito do uso das tecnologias a serviço das florestas, como é o caso da PrevisIA? Escreva pra gente, nos comentários!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: