Usuários do WhatsApp, na Índia, planejam partir para outros mensageiros

A nova política de privacidade do WhatsApp está dando o que falar no mundo todo, visto que seus usuários se mostraram, em sua grande maioria, insatisfeitos com a mudança. A cada dia cresce o número de pessoas que partiram para outros mensageiros, como o Telegram e o Signal, por exemplo.

Um dos locais mais envolvidos nesta questão é a Índia, país estimado como sendo o maior mercado do WhatsApp no mundo, com 400 milhões de usuários. Ela, inclusive, enviou recentemente um pedido solicitando ao app o cancelamento de sua nova política. Veja a matéria que fizemos sobre isso aqui.

Conforme um estudo da CyberMidia Research (CMR), do total de usuários entrevistados, a grande maioria está considerando a mudança para um outro app, como Telegram ou Signal, enquanto uma minoria já tem a certeza de deixá-lo.

Sobre a nova política de privacidade do WhatsApp que entrará em vigor em maio deste ano existem algumas coisas que você precisa conhecer:

  • A nova política de privacidade permitirá o compartilhamento de alguns dados dos usuários entre o WhatsApp com seu proprietário, o Facebook.

O WhatsApp veio a público diversas vezes, até mesmo através do status (recurso disponível no app) para reforçar o compromisso com a privacidade de seus usuários, porém tais ações não obtiveram muito êxito.

A preocupação das pessoas se deu com o fato de não haver a possibilidade de escolha, em aceitar ou não, os novos termos.

  • A atualização não será aplicada a todos os usuários;

O mercado europeu, devido à sua Lei de Proteção de Dados Pessoais, a General Data Protection Regulation (GDPR) está imune às mudanças da nova política de privacidade do WhatsApp, forçando o app a cumpri-la.

O governo indiano, em seu pedido enviado ao mensageiro, esclarecia a necessidade de respeito aos usuários do WhatsApp no país que não poderiam sofrer com essa ação unilateral, sem chances de opção.

Enquanto o WhatsApp observa seus números de usuários diminuírem, apps como Telegram e Signal só têm motivos para comemorar, afinal são os mensageiros mais requisitados do momento.

O Telegram está à frente na corrida. O seu grande diferencial pode ser a segurança proporcionada pelo app, ao oferecer o backup na nuvem. No WhatsApp, por exemplo, as conversas dos usuários precisam ser armazenadas em plataformas de terceiros, como Google Drive ou iCloud.

Outros pontos positivos referem-se ao fato de o Telegram apresentar uma baixa incidência de phishing e spam, além de reconhecer de forma mais proativa as denúncias de usuários sobre conteúdos ilegais.

Você acredita que a população da Índia deixará o WhatsApp?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: