Entenda a nova Lei de Proteção de Dados (LGPD) que entra em vigor em 2020

Você já reparou que quando procura alguma mercadoria na internet, suas redes sociais ou até mesmo outros sites que você visita, bombam com anúncios justamente daquele produto? Esse é um exemplo do famoso Big Data, conhecido por coletar dados pessoais da população. A nova Lei de Proteção de Dados chega por conta do grande número de informações vazadas e vendidas a grandes empresas e instituições, o que gerou, consequentemente, a necessidade de proteção de dados dos milhões de usuários da internet.

O que é LGPD e qual sua origem?

É a LGPD que vai regular como os dados pessoais da população brasileira serão coletados. A lei foi sancionada em agosto de 2018, entrará em vigor em agosto de 2020 e é baseada no regulamento europeu de dados. Segundo o Artigo 1º da Lei, ela tem o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural. Sua missão principal é a de proteger os dados dos usuários, liberdade de expressão, informação, comunicação e opinião, desenvolvimento econômico, a livre iniciativa, a livre concorrência e a defesa do consumidor e os direitos humanos.

A LGPD na prática

A lei traz mais segurança aos usuários principalmente porque eles poderão pedir pela exclusão de seus dados. Governo e empresas terão que garantir maior segurança aos usuários e o tratamento dos dados só poderá ser realizado através de um consentimento e autorização do próprio internauta. As crianças e adolescentes também estarão asseguradas pela nova lei, pois a coleta de seus dados deverá ser feito apenas mediante consentimento dos pais.

Seu impacto nas organizações

A nova lei fará com que as organizações se adaptem à ela e pensem em novas estratégias para a coleta de dados. É preciso que elas se alinhem e pensem em novos processos e novas formas de otimização. Também serão necessárias novas vagas de trabalho, para que tenha um responsável pela confirmação de que a lei esteja sendo executada dentro da organização, além de setores de recebimento de reclamações caso a lei seja descumprida.

Sua empresa está preparada para a LGPD? O que vocês têm feito para se adaptarem?

Publicado por DigiSac Plataforma

Plataforma multicanal e multiusuários, seu PABX para mídias sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: